Pelznickel Parte IV – Os primeiros registros históricos do Pelznickel em Guabiruba

0
412

O Pelznickel faz parte de uma tradição natalina. No tempo de Natal, entre os dias 6 e 24 de dezembro, o Pelznickel sai às ruas de Guabiruba com vestes em trapos, com muita barba-de-velho, folhas, chifres de animais, chicotes, correntes e fazendo muito barulho.

O Pelznickel cobra obediência das crianças, e se isso não acontecer, dizem que ele busca elas para levar para o mato. No dizer da população guabirubense, o Pelznickel é uma tradição que foi passada de pai para filho desde a chegada dos imigrantes alemães no ano de 1860. É comum escutar depoimentos do tipo: “temos orgulho de pertencer a esta malha dentro da tradição que até hoje não parou. Sempre teve um Pelznickel nas ruas nos dias 6 e 24 de dezembro”. De acordo com Siegel (2018), existem relatos de pessoas com mais de 90 anos de idade de que, quando elas eram crianças, já existia a tradição do Pelznickel.

No livro Folclore de Brusque, escrito por Walter F. Piazza e editado pela Sociedade Amigos de Brusque em 1960, por ocasião dos festejos do centenário da cidade, vamos encontrar uma literatura interessante sobre São Nicolau, Pelznickel e o Christkindl, outro personagem que vamos achar no Natal de Guabiruba. E essa literatura é amparada por relatos orais.

- Publicidade i -

Deixe uma resposta